sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Sobre porque procurar o Lótus, o que é o que não é


Sabem, algo deve ser esclarecido sobre a Lótus. Muitos alunos que vão no curso atrás de mais uma técnica de cura para currículo, ou para seus consultórios ou porque curtem a fraternidade branca, ou ainda porque querem adorar Kwan Yin, acabam saindo, pois o Lótus não é nada disso. A adoração é uma forma de ilusão e ela se desmancha já no nível 1. 

O Lótus Sagrado é universalista, um conjunto de práticas voltadas para o auto-despertar da consciência a nível búdico, abertura do amor compassivo, visando a iluminação das pessoas não importando sua religião e cultura. O Foco não está em adorar Kwan Yin e chamá-la como Deusa ou santa quando precisamos, embora ela nos socorra sempre. O objetivo é que cada um se torne um ser de luz, um iluminado, pois melhor que um guru com milhões de devotos é milhões de iluminados a evoluir o planeta. O nível um envolve muitas técnicas de cura e auto-cura e transformação porque meditar se sentindo triste, doente ou carregado é muito ruim. São mais de 10 técnicas aprofundadas somente no nível 1, nos níveis sequentes aprendemos sobre guardiões do caminho iluminado, chakras, respiração, as faces de Kwan Yin, seus dons e muito mais, tudo voltado para o despertar do ser, pratica da caridade, consciência universal, canalização consciência, sintonia e uma jornada de luz que vai alem da ascensão, nos levando para fora da roda do carma nas dimensões superiores a oitava. Então se seu objetivo é evoluir e auxiliar os seres, se ao invés de seguir um ser de luz quer trabalhar com eles na obra universal então o Lótus é para você. Inicia no aprendizado do caminho do bodhiisatva e das técnicas e no nivel de Sensei, professor, o ensino amoroso do caminho de luz e as Lótus de cristal. Sinta o Lótus colocando agora as mãos no coração e pergunte se deve vir aprender conosco, se sentir amor e paz, seja bem vindo!

terça-feira, 3 de novembro de 2015

Dakini e Dakas

Dakinis

são semi deusas, guardiãs desencarnadas, que tem por função inspirar, testar e ajudar as pessoas no seu darma (caminho de evolução). Correspondem exatamente as Pombas Giras da umbanda brasileira, mas no oriente as pessoas não as veem com a conotação e o estereotipo pejorativo e degradativo que nós ocidentais lhes damos. No oriente eles as definem como voláteis e compreendem muito bem que elas não são boas ou más mas apenas atuam, inclusive lhe prejudicando se isso for necessário para sua evolução. Nas práticas da lótus descobrimos que são espíritos que tiveram alguma tristeza ou macula nos seus sentimentos e escolheram ajudar as pessoas em sua evolução até que elas próprias curem sua dor e evoluam. Nunca pensamos no que acontece com uma grande rainha ou qualquer mulher, ou até uma divindade ou grande guru quando desencarna ferida, traída ou infeliz. Não conseguem ficar nas dimensões mais elevadas. É incomodo como estar numa ilha do amor, sendo apenas você sozinho e triste. Estar na parte de baixo da roda das encarnações, entre aqueles que sofrem traz profundo conforto e a chance de se curar auxiliando os seres e ajudando a dar consciência de quão ruim foram seus atos para os demais. Dakis são as dançarinas do éter, movimentando todos os elementos. A Dakini tem '"uma mente brilhante sabedoria muito afiada que é intransigente, honesta, com um pouco de ira." ( Khandro Rinpoche ).


Daka - Guardião, guerreiro, exu como na umbanda. Alinha a energia e protege para que se possa evoluir. Assim como as dakinis podem ser humanos ou não humanos, sim, pois seres de outros planetas, elementais e devas podem ser dakinis ou dakas. 

Pawo ou daka no caminho

"Embora o termo Daka é raramente usado , Pawo é mais comumente empregado. Significa '' homem corajoso ' ' ou ' ' herói ' ' ou ' ' guerreiro espiritual '', e como Dakini pode referir-se a vida ou ser sobrenatural . Como é típico no budismo do guerreiro não é sobre a salvação individual , mas, como a Sabedoria Dakini, o Pawo tântrico está comprometido com o ideal Bodhisattwa de libertar todos os seres.
'' O guerreiro, fundamentalmente , é alguém que não tem medo de espaço. ''
( Chogyam Trungpa )
Chamamos as dakinis e dakas para nos auxiliarem a evoluir, para ter proteção na vida e nas práticas meditativas, para as coisas entrarem em movimento, Para evitar ataques espirituais, desmanchar magias e remover obsessores.
Dakinis e dakas podem ser iluminados ou não. Como qualquer guia ou pessoa.
Suas oferendas são o arroz, a água pura, frutas, flores, incensos e danças.
Yasoha, novembro de 2015.

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

PROTETORES DO DARMA, DA LOTUS, DA SUA VIDA

Rakshasas - homens tigre, Asuras, Nagas (ou reptilianos) e devas - anjos ou demônios? 
Figuras dos Vedas do Mahabarata e da sutra do Lótus. - Apenas povos da antiguidade que mal interpretadas viam o mal onde não havia. Ora invasores ora invadidos tendo confundidas as suas faces com animais, apenas por rostos mais ronchunchudos ou mais peludos. As agruras de guerras se tornam mitos. E ao longo de muitas vidas estes guerreiros se tornaram guardiões sagrados de pessoas e dimensões e estão longe de serem demônios, são sim amparadores a serviço da evolução.
Hoje na Lótus Sagrada Rakshas ou Protetores são todos aqueles: de índios a extraterrestres que se dedicam a guardar e proteger o trabalho e os seres que atuam em prol do bem maior evolutivo, sem tendencias religiosas, políticas, de crenças ou raças.

Leia o texto abaixo, um simples resumo.

"Budista Mahayana literatura [editar]
Capítulo 26 da Lotus Sutra inclui um diálogo entre o Buda e um grupo de filhas Rakshasa, que juram defender e proteger o Lotus Sutra. Eles também ensinam mágicas dharanis para proteger seguidores que também defendem o sutra. [5] Em The Lotus-Nascido: A História da vida de Padmasambhava, gravada por Yeshe Tsogyal, Padmasambhava recebe o apelido de "Rakshasa Demon" durante uma de suas conquistas iradas para subjugar budistas hereges.
Na tradição japonesa Rakshasas são conhecidos como Rasetsu (羅刹)."
BY: https://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&sl=en&u=https://en.wikipedia.org/wiki/Rakshasa&prev=search

Em todas as práticas espirituais que aceitam a figura de guardiões eles são vistos de todas as maneiras. A viés espírita é a que mais se aproxima da realidade, embora limitada. Assim, protetores e guardiões assim como médicos espirituais são todos os seres das muitas dimensões que atuam na proteção de pessoas e para isso treinaram, vivenciaram em vida. Não importando em que dimensão foi esta vida. 

Para termos uma visão melhor do problema de interpretação que tivemos ao longo da história, Ashtaram foi um demônio bíblico e hoje Ashtar Sheram é um general do Conselho da nossa Galáxia. Se partirmos do princípio de que demônios são nossos agressores e protetores o nosso exercito, mas jamais temos real noção de quem realmente está certo e de que toda violência é sempre errada. Então não existem anjos ou demônios no sentido de bem ou mal, mas sim guerreiros, policiais, protetores, uns com seu carma de dor e até loucura, mais densos, outros com sua alma horada e leve, mas todos, todos, não importando sua vida ou origem atuam na obra maior. Cada um da sua dimensão. E atribuirmos a eles, até aos mais densos, a responsabilidade por nossos atos é mentir para si e para o mundo, pois eles tem sim livre arbítrio. Afinal todo ser consciente ou senciente, de qualquer natureza sempre terá escolha. 

Se você anda com seres que chamamos de transversos, ou seja, suas histórias pessoas lhes tiraram a luz da razão, então você deve pensar onde está a sua razão. São ou insanos, protetores ou cruéis qualquer ser sempre poderá ser uma coisa ou outra e até ambas, como uma mãe que após a morte violenta de seu filho perde o tino e de guardiã passa a feroz assassina. Como você, como eu, podemos ser sensíveis ou insensíveis e ainda nos sensibilizar com algumas coisas e não com outras. 

Na Lótus 4 recebemos a sintonia com as dimensões de guardiões e aqueles que tem alma de guardião se revelam. Assim passamos a ser veículo de proteção e cura energética para que estes seres maravilhosos dedicados a manter a ordem para evolução possam atuar para todos!



sexta-feira, 9 de outubro de 2015

RETIRO 2015 OUTUBRO



“Para todos que tem a partir de Lótus 1”

Primeiro dia
Sex 30/10: 19:00 - Abertura – iniciação e Pratica de Lorde Shiva para queima do carma e força de transformação.
Sábado 31/10
Sáb 31/10: 8:00 – Pratica do terceiro selo – sol da consciência.
8:30 Iniciação e Pratica de Ekazatiremovendo os venenos internos.
10:00 – intervalo
10:20 – Iniciação e Pratica de Vajrapani (com tambores) – ancorando os guardiões e cortando fios e sondas de densidade
12:00 – almoço
13:30 – Iniciação e Pratica de Yama – encaminhando dividas cármicas e passando pelos bardos em vida.
15:30 – Internvalo
Subida a cascata – Pratica de purificação da Kwan Yin da Cachoeira.
19:40 – Pratica e Iniciação a Agni com fogueira – transmutação da alma.
20:30 – lazer.
Domingo 1/11
8:00 - Pratica do sol e Chi kung 33 faces
9:00 – Iniciação e Pratica de Vajrasatva para purificação dos 7 corpos.
10:30 – intervalo.
10:50 – Pratica de Vajrasatva para família.
12:00 – almoço.
13:30 – Abertura do Portal dos Devas e iniciação na Grande árvore.
15:30 – Intervalo
16:00 – Iniciação ao Lótus 5 – Deuses Naturais e Prática da cura da matéria.
19:00 – livre
Segunda 2/11
8:00 Pratica do sol e Chi kung 33 faces
9:00 – Prática da abundancia e compaixão de Kwan Yin e Maitreya
10:30 – Intervalo
11:00 – Pratica longa de Lótus e encerramento.

Valor: direto com a Ecovila hospedagem  - contatar.
Estrada Geral do Rio dos Bugres, km 8,5 - Urubici - Serra Catarinense
ecovilaflorescer@gmail.com
http://www.florescer.eco.br/
(49) 8427.1310 (whatsapp) | (49) 8427.7493 

terça-feira, 1 de setembro de 2015

Lótus no Brasil - um trabalho de luz pelo despertar da responsabilidade, do amor, do respeito e da luz. Pela vida em fraternidade.


Ilusão Branca - o último desafio da roda

Ilusão - a ilusão gerada pelo medo, ódio, raiva, cobiça e trevas é facilmente reconhecida, mesmo quando estamos tragados, sugados dentro dela. Como disse um sábio amigo: a ilusão é um véu transparente que de tempos em tempos percebemos que tudo esta errado. 

Hoje vou falar do último nível da roda sansarica: o chamado reino dos deuses, onde a vaidade, a falsa impressão de segurança e o conforto são o grande desafio do caminhantes da luz.

Chamo este último tipo de ilusão: de ilusão branca, pois nos da a falsa impressão de luz. Durante até longo tempo tudo parece certo e justo até que os guias tudo tiram. Ou como dizem no budismo, o "mérito" (palavra mal empregada) termina. Isso ocorre quando não ouvimos os sinceros clamores de nosso coração e optamos por algo errado. Senpor dinheiro, conforto, medo de se expor, social, carência, medo de solidão; ou porque corrobora com algo errado que fizemos, nos dando o falso conforto da razão. Quando temos uma imagem teatral publica que se nutre de vaidade, mas na intimidade não somos nada daquilo.

Isso ocorre em casos extravagantes com pessoas que batem nos seus familiares e publicamente são amáveis. Mas este nível de ilusão dos deuses também é de forma sutil, nos levando, dia a dia para a carta da torre do tarot: uma grande decepção e queda na roda ao invés do estado iluminado, para que através da queda mudemos o que estávamos relutantes em mudar.

Observo isso nas escolhas de relacionamento quando ficamos com o que é confortável e conhecido mesmo que nosso coração diga que não.

No dia a dia das aparências onde usamos a máscara social ou educado para gerar ilusões que até nos mesmos chegamos a acreditar.

E na mediunidade? Aqui as coisas são complicadas e responsáveis por erros de tradução em textos sagrados, escritas cheias de pompa que distorcem em muito os textos originais dos guias, transforma entidades de sombra em luz ofuscante, gera fanatismo, mentiras sem fim, leva-se a massa que quer que Deus ou algum mestres seja deste ou daquele jeito para não precisarem evoluir a seguir, e esbarramos na última prova: sair da zona de conforto. Kwan Yin que atua neste nível se chama Nagyni Kanon. Sua grande virtude é prover tudo o que se tem em mente, tudo. E observar se vamos seguir sinceramente nosso coração, desapegando de nosso conforto dos ultimos desejos de quero isso quero aquilo. É um filtro e tanto.

Chagdud Tulku contava sobre o mestre bêbado. Um discípulo detestava seu mestre bêbado, não reconhecendo o grande mestre que tinha pois não queria admitir o humano nele, que tinha algumas tristezas e as afogava na bebida. Tanto reclamou que foi ser discípulo de outro mestre que condizia com o que ele achava ser o certo em sua postura rígida. Passaram se anos e não
aprendia da técnica que desejava. Um dia muito frustrado foi ter com o novo mestre e perguntou porque não passava para o ultimo nível da técnica. - Ah...- iniciou ele - eu nunca tive esta última parte, só ensino os alunos básicos. - Mas você é tão perfeito! - exclamou o discípulo. - Mas nunca fui a fundo nesta técnica, não me interessei por isso. Você deveria ter procurado o velho mestre do mosteiro do qual saiu. - Completou o mestre. - Mas aquele velho era um bêbado! Mestres não bebem! - Quem disse? - perguntou o mestre. - Buda! Respondeu o discípulo. -Buda disse o que não se deve fazer, mas jamais falou que um mestre não existiria só por não seguir os preceitos que pregou. E seu mestre dominou a técnica que quer ao nível mais profundo, mesmo que não tenha tanto interesse pelo mundo físico e suas dores, incluindo as dele. - Porque não volta pra ele? pergunta o mestre novamente. - Porque ele já faleceu, nestes tantos anos que estou aqui. - responde o discípulo, baixando a cabeça e se retirando.

Então pense, medite e observe quantas vezes você foi contra o que seu coração avisava somente para ter razão ou porque queria que alguém fosse o que não era ou porque era mais fácil ser como lhe ensinaram ou a sociedade estabeleceu, ao invés de ser você mesmo. Quanto amor ja falou que tinha mesmo tendo o peito fechado, quanta ilusão já gerou em outras pessoas por necessidade? Ou quantos relacionamentos já viveu sem amor, mas por carência, comodismo ou fuga. Iludimos, mas não gostamos de ser iludidos. Se você diz a frase: - eu sempre acabo me frustrando pois aposto nas pessoas e elas me enganam. Acho que todos devem ser bonzinhos. Vc não aceita ninguém mas pinta todos de amarelo.

Apenas temos o ego de querer que todos sejam bons ou nos achamos tão especiais que achamos que conosco a tal pessoas que todos avisaram, não iria fazer o mal ou somente para nós ela vai se redimir, mesmo quando ja nos fez mal inúmeras vezes.

Sei que o texto ta longo mas preciso colocar uma ultima coisa.

Quando a ilusão está na prisão do bem. Algumas pessoas simplesmente são ótimas para nós, insuportavelmente maravilhosas, doces, dedicadas e de alguma forma parece que sabem que não as amamos, mas na maioria das vezes parece que estão tão encantadas conosco que somos uns monstros se a deixarmos. Ou somos loucos tendo "tudo" e ainda estarmos infelizes. Vejo todos os dias pessoas serem maravilhosas sabendo que o outro não os ama, como uma atitude que parece louvável pois parecem amar tanto a outra, mas não, é uma atitude pensada e esta longe de se basear em amor, no máximo na ilusão do quero ou preciso. E num ultimo nível, ainda tem a ilusão do sacrifício do próprio eu pelo dedicado ser ao lado. Uma forma terrível de ilusão que inevitavelmente leva a infelicidade e trava o processo de ascensão e iluminação. Isso vale para empregos, relacionamentos sociais e familiares, caminho e pratica espiritual.

Amados, escrevi este texto porque o tema tem se mostrado com frequência, principalmente nas queixas que temos contra a ilusão política e porque me entristece ver seres que estavam a passos largos na evolução espiritual se perderem ou "morrerem na praia". Meditem todos sobre isso. É realmente importante. Também observe sua reação emocional ao ler este texto.

Com amor

Sensei Gabriela Irigaray Yasoha


Missão da Lòtus

A missão do lótus é através do despertar do sentir trazer a consciência compassiva.
Você alguma vez já sentiu um amor profundo e sobrenatural por tudo? Ou somente ouviu falar do amor universal e deixou ele para seres como o Cristo. Vc se sente amado? É solitário? As pessoas dizem que VC é insensível? Algo dentro de VC te chama para a espiritualidade mas não vê ou sente nada?
Convido você para fazer as práticas de lótus sagrado e descobrir o amor, por si, pelo mundo e despertar para uma consciência iluminada. E mesmo VC que já sente, mas quer dar um passo a frente, sem estar limitado a um sistema de crenças ou porque seus guias vem de todas as partes.
Conheça a Lótus Sagrada, o caminho de Kwan Yin.

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

domingo, 2 de agosto de 2015

Curso de Lotus 3 em Sarandi RS

Lótus 3 - O Despertar das 33 Faces de Kwan Yin.
Em Sarandi-RS.
Com Sensei Guilherme Grossi
Um domingo de de muita luz e vontade de evoluir. Gratidão por poder ensinar e transmitir este Dharma.
Interessados no Rio de Janeiro por-favor entrar em contato, via mensagem para facebook para Guilherme Grossi

sexta-feira, 10 de julho de 2015

O bem pedir x desejo comum

Existe uma profunda sabedoria em como fazer pedidos aos nossos guias. Primeiro devemos ter noção que mesmo com luz são pessoas e tem a opinião deles sobre o que é certo para você. No mundo humano em sua história sempre baseamos nossas conquistas e desejos e confundimos o ser com o ter. Podemos ser tristes ou ser felizes sem ter nada ou tendo tudo. 

A depressão, por exemplo, não escolhe condição de vida e nem posses para deixar uma pessoa profundamente infeliz e uma pessoa positiva pode ser assim com poucas coisas, mas também é errado achar que só há redenção na pobreza, pois a escassez é filha do medo, da ignorância e do carma. Para diferenciar a sincera vontade do coração com o desejo comum que é ruim, observe se o que você quer não é algo que veio dos 5 sentidos, ou seja, foi estimulado por algo esterno ao seu coração como aroma, visão, ouvir, tocar, etc...

Muitas vezes desejamos o companheiro de outra pessoa de forma irresponsável e criamos grande carma e grandes problemas para as pessoas quando não estávamos buscando aquela pessoa e sim o que ela vivia com a outra. Queríamos viver aquilo, sentir aqueles sentimentos ou ser tratado daquela maneira e ai confundimos tudo e tudo sai errado. Quando a vontade vem do nosso coração, da nossa luz interna ela não tem motivo externo para existir. O amor que temos por um filho independe de seus atos e se depender não é amor. O amor sentimos e não precisamos de estímulo. Podemos até não exercer este amor, mas ele está la dentro de nós. 

O Grande segredo de Krishna, Cristo e seres de luz, o Grande Segredo de Kwan Yin revelado é como amar, como sentir o que os seres de luz sentem e nada mais precisar, e mesmo assim muitas coisas construir. Outro dia falarei sobre os ensinamentos de como amar de forma integral, pois é algo que se aprende. Hoje contudo quero falar de pedir. Pedir e obter. Quando algo nos faz bem a alma, trazendo a sensação de conforto e paz e não precisa nada para gerar esta sensação, seja o sonho de montar uma grande empresa ou simplesmente ser "mãe/pai" de uma criança, uma planta, um animal ou algo para ser guiado e cuidado por nós, nosso coração atrai os seres e as situações para tudo se realize no tempo certo. Este tempo não depende do nosso desejo também, depende de estar pronto. Como terminar a faculdade para ter diploma. Você precisa terminar o curso, não importando o tempo que leve, e só ai receberá o diploma. Assim é com trabalho, amor, filhos, carreira, espiritualidade. 

Não basta desejar, deve sentir. Observar o que faz sua alma feliz, o que te traz paz e pedir, pedir com fé e determinação e fazer de tudo que for positivo e bom para alcançar, leve o tempo que levar. Sabem muitos guias lutaram por seus sonhos e morreram sem vê-los realizados, mas estão em paz pois após sua passagem pela terceira dimensão (aqui na encarnação) viram que todo seu esforço foi válido dando origem a um projeto diferente ou a realização, após sua partida, do que sonhou. Nas suas orações peça para nosso time o que seu coração cantar, mas não peça nada que seja apenas desejo. E não confunda bens materiais como desejo comum, pois não são a mesma coisa. Você pode ter por desejo comum a iluminação porque viu um colega meditar e achou bonito, mas não se empenha como ele por não amar a meditação. Talvez sua missão não esteja la e seu coração mande você ser apenas uma pessoa legal e cética, porque não? E seu coração pode lhe dizer que seu lugar é numa enorme caminhonete de luxo, que aquilo faz parte de você, vc sente isso e vai em direção a isso, com trabalho, com dedicação e acima de tudo paz. Neste caso, o universo traz para você. 

Uma vez estudando essência energéticas das coisas fizemos uma essência de uma nota de dinheiro e pedimos pras pessoas, sem saberem o que era, descreverem a sensação de tocar no vidro de água. As mais pobres e queixosas disseram: isso me faz mal, me faz sentir suja, sinto que não mereço isso, achei nojento. As pessoas abastadas mas que gastavam mais do que ganhavam, que adoeciam com a materialidade consumindo ou guardando demais disseram que aquilo servia para elas mas era como um veneno amargo e gerava desconforto. E as realmente ricas e felizes, pessoas com posses e simples de atitudes, humildes também de comportamento, disseram: que sensação de paz, que coisa boa, é como vitalizar. É algo que gosto e me faz bem, me traz segurança. Isso foi uma experiência científica que deixa claro como nos relacionamentos com os bens materiais. Assim se seu coração almeja um bem e isso ainda vai fazer bem para outras pessoas então peça. 

O Universo é abundante e nosso planeta é muito pequeno e nós mais pequenos ainda. Olhe seu coração, ouça-o com carinho, veja o que sente sobre isso ou aquilo e depois peça.
O universo atua.
Com amor -
Yasoha

quarta-feira, 8 de julho de 2015

TRABALHO DE AJUDA E LUZ, CARIDADE ATRAVÉS DA LÓTUS

AS PORTAS SE ABRIRAM!
A PARTIR DE HOJE ESTE TEMPLO ASTRAL SAGRADO ESTARÁ ABERTO PARA AUXILIO E SOCORRO PELAS EQUIPES ESPIRITUAIS. VEJA COMO:
Todos aqueles que precisarem de ajuda, devem mandar seus nomes completos, data de nascimento, uma frase com seu problema e endereço onde dormem, via mensagem para esta page. Não poste nos comentários.
O tratamento é diário e se estende pelo período que você achar que necessita. Ele pode ser chamado desde uma necessidade de cura, mas também como caminho de evolução.
Todos os dias antes de dormir colocar uma garrafa com água do lado da cama sobre um papel ou pano branco.
Esta água deve ser tomada ao longo do dia seguinte, em pequenas doses, e nova água deve ser preparada a noite seguinte.
Durante o tratamento não comer carne de nenhuma espécie, tomar banho de chá de camomila ou alfazema antes de dormir. (sendo jogado a chá do pescoço para baixo do lado após o banho de higiene).
Suas atividades de cunho sexuais devem manter higiene, pensamentos positivos e evitar a troca de parceiro. Se houver relação o parceiro deve ajudar na oração e tomar os banhos e também não comer carne no dia que houve troca de energia.
Deite-se no máximo as 22:45, cubra-se com um lençol e /coberta de cores claras (não necessitando serem brancas embora estas sejam ideais).
Ore:
"Mãe de Sagrada Compaixão, caros Senseis Yasoha e Yohar, guias de compaixão nesta Terra, neste momento de necessidade, peço auxilio de suas equipes espirituais. Que os irmãos que caminham na trilha da compaixão possam me auxiliar a remover meu sofrimento e me educar para que eu evolua como ser. Peço a minha transformação interna para que aprenda se dor, ou se isso não for possível, que compreenda o que devo aprender com paz de espírito. Também peço que os amparadores de minha fé e o Deus que eu creio estejam unidos a me assistir e aqueles que assim quiserem também possam se beneficiar de tuas bençãos e ensinamentos. Gratidão a todo grupo da Lótus Sagrada e a ti mãe amada de luz! Prometo que a partir de hoje farei algo positivo e que ajude outra pessoa todos os dias deste meu processo, pois esta será minha forma de agradecer!
PELA ETERNIDADE QUE BRILHE A JÓIA DA LINDA LÓTUS! "
Fique deitado por no mínimo 30 minutos e tente relaxar, poderá colocar uma música calma de fundo. Se dormir melhor.
Se quiser aprender mais sobre a Lótus - leia

quarta-feira, 1 de julho de 2015

Voltar para Terra pratica de Lótus 2 a Rosa Vermelha




Instrução de Lótus do dia 1/07 - 

                    O chakra básico visto no Lótus dois como a rosa vermelha é responsável pela vida, por se existir, pela alegria e pela motivação. É nossa terra e segurança e sem este chakra perdemos o chão, temos pânico e as coisas cotidianas não fluem. Passamos a nos relacionar negativamente com a materialidade e podemos nos tornar fanáticos. Então, sente-se no chão (almofada) e chame por Kwan YIn da Terra. Inspire e sinta ela emergir do chão e abrir na sua base uma linda rosa rubra. Sinta a energia subir da terra por toda sua coluna até a cabeça. Sinta as raizes da rosa como suas e sinta a energia vermelha e divina perfeita trazendo de volta toda a relação iluminada com a vida. Esta pratica deve ser feita ao menos uma vez por semana, mas se você está apatico, triste, inseguro, com pânico, sem libido e ânimo, com problemas materiais então deve ser feita por 21 dias diretamente e no final ver uma rosa branca surgir no topo da cabeça e a rosa vermelha e branca trocarem energia entre si até você sentir um grande alinhamento. Resire o tempo todo em 4 tempos. (Inspira e retem, solta e retém - lenta e profundamente).
Yasoha.